Fome Come

Fome Come

Fome Come
Palavra Cantada

Gente eu tô ficando impaciente
A minha fome é persistente
Come frio come quente
Come o que vê pela frente
Come a língua come o dente
Qualquer coisa que alimente
A fome come simplesmente
Come tudo no ambiente
Tudo que seja atraente
É uma forma absorvente
Come e nunca é suficiente
Toda fome é tão carente
Come o amor que a gente sente
A fome come eternamente.
No passado e no presente
A fome é sempre descontente

Fome come fome come
Se vem de fora ela devora ela devora ela devora
(qualquer coisa que alimente)
Se for cultura ela tritura ela tritura
Se o que vem é uma cantiga ela mastiga ela mastiga
Ela então nunca discute só deglute só deglute
E se for conversa mole se for mole ela engole
Se faz falta no abdome fome come fome come

Gente eu tô ficando impaciente
A fome sempre é descontente
Toda fome é tão carente
Qualquer coisa que alimente
Come o amor que a gente sente come o amor que a gente sente


• Bons vídeos

Ana Mia - curtametragem
http://www.youtube.com/watch?v=rs9blX7jH2k

Ana Mia e Compulsão - vídeo
http://www.youtube.com/watch?v=LR-TzaskqXU

 

Obs.: Não sou a favor do movimento pró-Anna & Mia. Este item é apenas de impressões e expressões a respeito de questões contemporâneas.



• Ilustração: Medos e delírios, Deborah Tazima
http://www.deborahtazima.com.br

"O medo mora perto das idéias loucas"